CDZ Strong World é hoje uma realização de Rodrigo, Oldair, Vitu, Rafael e Gabi. Nossos agradecimentos à Lenerson, Pedro e Antônio, Que criaram o projeto inicial e tornaram tudo isto possível.

O conteúdo, no entanto, Foi baseado na obra de Masami Kurumada, adaptado para a trama e história do jogo. Nós não temos nenhuma espécie de lucro com isto.

Licença Creative Commons
Este obra foi licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil.

O coliseu

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O coliseu

Mensagem por Kael de Gêmeos em 27/05/12, 06:58 pm

tópico anterior:

Desse post em diante, Willen de capricórnio será substituído por Shinji de Fenix (mesmo player)

Os cavaleiros de Athena foram surpreendidos por uma chuva de flechas que foi grande o bastante para cobrir o sol por um curto periodo. Cada cavaleiro se protegeu como pode, desviando para o lado, se abrigando na casa de áries, correndo, defendendo-se com as armas douradas, e por fim ninguem saiu ferido. O único levemente ferido foi Aiko que correu na diagonal para fugir da sombra de flechas que se aproximava, O jovem cavaleiro não foi rápido o bastante para conseguir escapar por completo e duas flechas o acertaram. Uma das flechas acertou a ombreira esquerda de Aiko, rachando-a. A segunda pegou de raspão o rosto do cavaleiro, deixando um pequeno corte de onde saia um singelo filete de sangue. Alguns cavaleiros se questionam se as flechas eram comandas uma à uma, devido ao fato de que Nenhuma das flechas acertara os dois cavaleiros de Libra, que permaneciam no mesmo local. Diana, explicou que suas flechas podem ser direcionadas à um certo tipo de pessoas, e provavelmente aquelas setas negras poderiam possuiar a mesma capacidade.

(...) (Mirphak, por ter postado antes de Diana, pode comentar sobre a fala de Diana.)

Foi então que repararam que as flechas não acertaram Bishop pois o mesmo havia desviado as flechas com a espada dourada, e Nok realmente não havia se movido.
Os inimigos fazem suas apresentações, e alguns dos inimigos chamaram mais a atenção dos dourados. Mirphak era provocado por Sophie Mort, e como resposta o cavaleiro de virgem disse:

Mirphak escreveu: Nossa, com provocações tão maduras acho que vou me irritar... Não quer me chamar de bobo também, criança? Acha mesmo que eu vou dar atenção a uma ofensa direcionada ao plano carnal? Não ligo para minha aparência, prefiro me atentar para a beleza da alma. Não vou perder meu tempo abrindo meus olhos para ver um traste como você, mas torço para que você não seja tão feia e podre quanto sua alma. De agora em diante não desperdiço mais uma gota de saliva com você, não vou bater boca com crianças.

Sophie como resposta simplesmente mostra a lingua para Mirphak. Enquanto isso Cetus e Diana tem uma rápida conversa sobre a troca de adversários, mas por fim, nada muda. Antes de qualquer ataque. Walter, o velho de peixes, olha para Sophie e diz:

Walter: - Sophie, faça!

Sophie: - Mas vovô, e o efeito colateral?

Walter: - Temos que correr o risco. Nesse grupo Há um que luta com explosões, um que gela o ar à sua volta, um que contamina o ar com qualquer substancia biológica, um que absorve a vida em volta dele, enfim, esse grupo grande reunido é uma bomba prestes à explodir e matar à todos.


Sophie então ergue sua foice, que começa a emanar uma pequena energia. O rosto de menina que fez Netrus chama-la de "boneca pscótica" dá lugar à um rosto sombrio de alguem acostumada à matar. Com um movimento brusco, a menina crava a lamina da foice no chão, e aparentemente, no mesmo momento o tecido da realidade é partido, um brilho toma conta do lugar e alguns fatos obscuros são revelados.

Mirphak e Netrus vêem, Samir em sua dimensão, à principio Netrus não sabe nada sobre aquilo, pois não havia se encontrado com o cavaleiro de Toth. Como se estivesse partilhando suas mentes, Netrus tem uma rápida compreensão de tudo que aconteceu com Mirphak na batalha contra Samir. O cavaleiro de Toth e volta para o local onde os dourados de Athena estavam e diz, com uma voz que inunda a mente de Mirphak de duvidas e lembranças:

Samir: - Mirphak de Virgem e um amigo? Vocês estão aqui, e ao mesmo tempo não estão, pelo menos não nesse quando. Como é possivel?

Mirphak e Netrus falam, mas não são ouvidos por Samir. Na mente dos dois, passam várias perguntas, mas uma das mais pertinentes era "Isso é uma ilusão ou realidade?" Não havia como responder essa pergunta, e os dois estavam perdidos no limbo (chamei assim para não definir o que é). Samir, se vira para a outra direção e vê uma lamina de foice cortando o ar, logo, uma brecha dimensional surge, da brecha, saem os cavaleiros negros, mas havia ali um cavaleiro que não estava no santuário. E é exatamente esse que ataca Samir, enquanto os demais apenas observam. Mirphak e Netrus observam sem saber se podem ser vistos ou não.

O cavaleiro consegue atingir samir no primeiro golpe, mas logo em seguida, Samir revela algo que nem mesmo Mirphak havia sofrido, o pergaminho da armadura se abre e dele sai o proprio deus Toth, que com um só golpe extrai a alma do cavaleiro negro transformando-o em pó. Outro cavaleiro que os dourados não conheciam, mas usava uma armadura parecida com a armadura de Gemeos (lembrando que ninguem viu Legion até agora) se adianta para lutar com Samir, mas Sophie dá um passo a frente, como quem diz que ela lutaria com Samir por vingança. Legion entende e volta para o local anterior. Mirphak e Netrus observam atentamente, e a batalha parece ser de igual para igual entre Samir e Mort. Samir lutava ferrenhamente contra Mort, que ignorava todas as ilusões, ataques e golpes de Samir, até que Samir desfere um poderoso golpe no rosto de Mort. Mort com sangue escorrendo de sua testa, ri e lambe o sangue quando passa pela lateral de sua boca. E pela primeira vez, Mirphak e Netrus escutam alguma palavra dos cavaleiros negros.

Mort: Eu s............ a enviada da mor............ cairá perante mi...... (voz entrecortada)

Mort se move rapidamente, e ataca Samir das mais variadas formas, tudo fica desfocado, e quando volta a imagem. Samir está com a armadura rachada, e danificada, caído de joelhos, com Sophie Mort em pé atras dele segurando sua cabeça. Com um torção forte, Samir cai com a cabeça virada ao contrario, o barulho emitido pelo corpo de Samir sendo torcido, seguido do baque seco quando o corpo cai no chão, pode ser ouvido por Mirphak e Netrus. Mort então levanta a foice novamente e decapta a cabeça de Samir, que rola no chão sem um corpo. O cavaleiro negro de gêmeos se aproxima e aparentemente absorve a alma de Samir. E o grupo caminha na direção de Netrus e Mirphak, quando tudo fica desfocado, o badalar de sinos podem ser ouvidos cava vez mais forte, e os dois são separados e voltam ao lugar normal.

Ao mesmo tempo, os demais cavaleiros (Yong, Cetus, Diana, Willen e Aiko) tem uma visão em comum, o grupo aparentemente haviam se tornado uma espécie de fantasmas, e eles viam o corpo de todos os cavaleiros do santuário caidos, passaram pelo cavaleiro de libra, morto no chão. Cetus, arrepiou-se quando viu sua própria cabeça separada de seu corpo estirado no chão. Mas então começaram à aparecer corpos de cavaleiros negros. E por fim, sentado em um trono semelhante ao localizado na sala do mestre, estava um cavaleiro com armadura dourada. Não era possivel ver sua face, pois estava desfocada, mas era notável a armadura dourada de Athena cobrindo seu corpo (tambem disforme, mas sentiam o toque de Athena na armadura), a cabeça do cavaleiro dourado sentado ao trono estava ornamentada por uma grande coroa rubra. E com um simples comando, os mortos começaram à se levantar, o grupo, presenciou os seus companheiros de ouro se levantando dos mortos e indo ao encontro do homem no trono. Primeiro viram Cetus, segurando sua propria cabeça, depois viram Bishop erguendo-se sem os dois olhos e com o rosto desfigurado em direção ao trono. Seguindo viram Kael, o cavaleiro que poucos conheciam se movendo com a cabeça virada para traz. Conforme se aproximaram do trono, os mortos que caminhavam se ajoelhavam perante o poder do cavaleiro que usava a coroa rubra. O ouro da armadura parecia ter sido maculado pelo mal, e começava a ficar tão rubro quanto à coroa. O grupo foi expelido para fora do local de onde estavam e podiam ver ordas de mortos se levantando e indo em direção aquele ponto. O badalar de sinos começa a ser ouvido ao longe, e aos poucos vai aumentando, quando o baruho torna-se alto o bastante para não permitir que os pensamentos fossem ouvidos, tudo some, e o grupo toma seus varios caminhos.

Os cavaleiros olham em volta e foram separados de alguma forma arbitrária, e já nao mais se encontravam na frente da casa de áries.

-------------------------------------------------Bishop, Netrus e Cétus-----------------------------------------------------------------------

Bishop, Netrus e Cétus estavam em um lugar coberto de grama, que chegava a ser belo. Logo perceberam que aquilo era um cemitério, o maior cemitério que eles já habiam visto. Netrus e Cétus pareciam abalados com o que viram em sua experiencia extra-corpórea. Do lado inimigo, estavam Nok, Sophie e Walter, A familia Mort.

Bishop: - Preparem-se, agora começa pra valer. Netrus, creio que os cosmos estavam unidos por conta dos poderes de Hazã, veja como estão diferentes agora.

Bishop, corre em direção à Nok com as espadas em punho. O cosmo do Libriano gritava, e explodia de tal forma que deixou os outros admirados. O cosmo de Bishop representava perfeitamente o signo de libra, era ao mesmo tempo raiva e paz, ódio e amor, justiça e vingança. Nok conseguia acompanhar os movimentos de Bishop e se defendia com as espadas negras, e um duelo entre dois espadachins se iniciou. A velocidade dos dois librianos era incrivel, vários sons de choques entre os metais podiam ser ouvidos, até que um som foi mais forte que os outros. E a energia que saiu do choque das espadas era tão grande que afastou a grama do ponto de impacto e até mesmo as nuvens do céu se moveram. Netrus e Cétus foram surpreendidos por seus próprios oponentes perigosamente próximos à eles. Walter possuia um braco que media aproximadamente 50cm de largura, como o braço de um gigante atingindo em cheio Cetus. (golpe inevitável, você não poderá esquivar, mas pode defender o golpe com possibilidades em várias porcentagens possiveis).

Netrus ficou intrigado com o que Mort fazia, a menina havia se aproximado de tal forma que Netrus podia sentir sua respiração em seu rosto, mas a menina apenas observava o aquariano.

Mort: - Seus olhos são verdes? Legal, mas estamos aqui para lutar.

(...)

Mort rapidamente gira o corpo, usando a foice como se fosse um bastão e tentando atingir Netrus com a parte posterior do cabo da foice, visando a lateral de seu elmo.

------------------------------------------------Mirphak e Diana-----------------------------------------------------------------------

Mirphak e Diana reaparecem juntos em um campo aberto, parados de frente para Hazã e Judy. Mirphak e Diana estavam claramente perturbados por suas visões, mesmo Diana havia visto tudo, pois todos os acontecimentos foram projetados diretamente em sua mente por alguma técnica utilizada por Mort. Judy observava atentamente Diana enquanto concentrava seu cosmos. Ao mesmo tempo Hazã começava uma de suas canções no tambor que carregava. Hazã fortificava a si mesmo e a sua parceira de batalha. Hazã e Judy flexionavam suas pernas e partiam em direção aos seus oponente.

Judy: - Vamos lá querida - olhando para Diana - vamos brincar.

É então que Mirphak inicia sua técnica e o lugal torna-se um labirinto de sangue mortal. A visão do sangue, faz com que os inimigos negros parem e fiquem observando os que dourados de Athena fariam.

Judy: - Essa batalha será interessante.

Judy começa a queimar seu cosmos, e em poucos instantes, uma névoa esverdeada começa a tomar conta do lugar, contrastando com o vermelho do sangue de Mirphak. A névoa parece ser densa, e em pouco tempo toma conta de todo o lugar, ficando aproximadamente 10 centimetros do solo, aparentemente a névoa não é toxica de forma alguma, parece ser feita de algo inerte e não danoso ao oponente. Enquanto à névoa toma conta do local, Hazã começa a queimar seu cosmos e uma leve eletricidade estática pode ser sentida no local. Quando a névoa cobre todo o espaço entre os cavaleiros negros e os cavaleiros dourados, Hazã olha para Judy, que parece entender o que o ariano negro estava tentando falar. Judy abaixa-se e coloca uma das mãos no chão, concentrando seu cosmos na mão e pernas, Judy salta. Enquanto Judy está no ar, Hazã toca a névoa com sua energia elétrica. A névoa produzida por Judy atua como um condutor natural, permitindo que o golpe de Hazã chegue aos dourados, em uma forte descarga elétrica, divididas em dois raios direcionados um à Diana e outro à Mirphak.

-------------------------------------------------Willen, Yong e Aiko-----------------------------------------------------------------------

Willen, reaparece juntamente com Yong e Aiko, todos ainda pensativos sobre o que acabaram de ver. O local onde eles encontravam-se era aparentemente uma arena de batalha, possuia o chão de solo batido em alguns lugares haviam grandes lajes de rocha no solo. O lugar parecia um coliseu, porem era completamente vazio e maior. Willen se põe em guarda para a batalha, enquanto Hall queima brandamente seu cosmos, elevando-o gradativamente. As asas de Hall se abrem, e com um forte e rapido movimento, o cavaleiro negro levanta voo. Hall pára em pleno ar, e desce em um mergulho veloz em direção à Willen, visando acertá-lo em cheio no tronco.

Ao mesmo tempo, Yong e Aiko se colocam em posição de ataque. Hércules vê que os dois estão pronto para a batalha, e largando suas espadas, Salta em direção de Aiko e Yong. Mantendo suas mãos unidas, Hercules, desfere um golpe nos cavaleiros de bronze. Afastando-os, e acertando o golpe no solo de rocha, que trinca com o impacto. Hércules se posiciona entre os dois. E erguendo um de seus pés, Hércules pisa com força no solo trincado. Com a força do impacto o solo cede, derrubando os cavaleiros de bronze.

-------------------------------------------------Noctis-----------------------------------------------------------------------

Noctis(telepaticamente) escreveu: - Agradeço pela dica Velho! Mas não se preocupe, eu sou o homem que vai se tornar o maior Cavaleiro que já existiu ou há de existir!... Que tal fazermos uma Promessa como membros da mesma ordem e do mesmo sangue?

Bishop se mantém parado, observando intrigado o que chamava de "jovem imprudente", o jovem parece entender que Bishop esperava ele concluir sua fala.


Noctis(telepaticamente) escreveu: - Prometa-me que não vai morrer, pois eu digo que essa não é a minha hora, não importa quão forte for o inimigo, eu vencerei! Mas o que mais quero no momento é te derrotar, por isso viva, e lutemos quando exterminarmos esses inimigos! Prometa-me Velho!

Bishop (telepáticamente): - Não se preocupe garoto, como disse, já fui ao inferno e voltei antes. Se um inimigo for forte o bastante para me matar, prometo voltar novamente do inferno para termons nossa batalha.

Legion havia capturado Noctis em sua técnica, Legion aparentemente era imcapaz de ficar de boca fechada, e acabara falando por uma eternidade. Noctis em intervalos quase regulares, respondia ao cavaleiro negro de gêmeos, que parecia não se afetar com o tom provocativo e/ou arrogante do ariano. Legion mostrou uma série de imagens à Nóctis e por fim ofereceu uma armadura negra ao jovem lemuriano, que reagiu da seguinte forma:


Noctis: - Uma proposta Tentadora. Eu mesmo acho que fico bem de preto! Mas infelizmente devo recusar, pois só há uma armadura que desejo nesse mundo...

Com seu polegar da mão direita Noctis toca o peitoral da sua Armadura de Ouro cintilante, indicando a tão armadura desejada!

Noctis: - Não existe armadura mais bela ou que demonstre minha verdadeira natureza! Essa é a Armadura que sempre desejei... Você disse que dei azar em te encontrar, mas quem deve dizer isso sou eu! Não importa que inimigo venha pra cima de mim, eu vencerei todos e você não é exceção... – Noctis interrompe suas palavras por um momento como se respirasse profundamente e em seguida retorna a falar – Blá, blá, blá foi tudo que ouvi de você, não me importa de onde vieram, não me importa quantos anos possuem, não me importa as suas Habilidades, tudo que importa é saber que vocês são inimigos de Athena e por tanto meus! Se esse futuro que você me revelou é real, pelo menos farei você não fazer parte dele... A propósito, sua voz é irritante!

Legion: - Como eu imaginava... (segundos de silêncio)... Para me tirar do futuro, você vai ter um grande trabalho, como vai perceber em breve. E quanto minha vóz ser irritante ... eu sei disso.

Legion parecia ser imune às palavras de Noctis, e Noctis sentiu que o inimigo parecia diferente, ele estava falando menos. Com esse pensamento, Noctis diz:

Noctis: - Mas aquilo que eu mais quero saber você não falou meu camarada! Afinal, quem de vocês é o mais forte? Meu desejo era matar o Cavaleiro Negro de Áries por copiar minha armadura, mas terei que limpar o chão com você primeiro, e se Mirphak não terminar sua luta antes de mim, ainda terei tempo de arrancar a Cabeça desse Hazã! Vamos Legion, diga! Quem de vocês é o mais forte, pois serei eu a matá-lo!

Legion: - O mais forte? Cada um é forte em sua especialidade. Mas se quer saber que nenhum de nós ousa enfrentar ... me derrote e eu lhe digo.

Como se estivesse respondendo ao desafio de Legion, Noctis começa a liberar seu cosmos. Legion parece apenas observar o oponente, minunciosamente, em cada um de seus movimentos, até mesmo a respiração era observada. Noctis causa uma pequena variação dimensional em torno de seu corpo "Gravidade modificada, cosmos concentrado nas pernas para impulso inicial" passa na mente de LEgion. Noctis avançava atacando Legion, que parecia ler os movimentos do ariano. Conforme Noctis atacava, na mente de Legion, simplesmente passava:

Legion: "Soco com a mão direita revestida por seu cosmos, seguido de soco com a mão esquerda revestida tambem com seu cosmos. Técnica investida, concentra cosmos na mão formando pequena esfera, esfera provavelmente pode ser atirada contra o oponente, mas como está próximo, será usada à queima-roupa."

A investida de Noctis é recebida em cheio por Legion, que parecia não se esforçar para defender ou contra-atacar. Sua face, se mantinha sem expressão durante todo o tempo, como se estivesse avaliando e analisando tudo. Noctis duvidara que Legion fosse receber a técnica se o cavaleiro de gêmeos estivesse realmente analisando. Noctis estava errado, o adversário não se move nem mesmo para defender a técnica de Noctis, no instante que Noctis lança a tecnica em Legion, Legion deixa escapar um pequeno sorriso antes de ter seu corpo atravessado pela técnica de Noctis. Noctis percebeu que por um milesimo de centésimo de segundo, Legion retirou sua armadura e colocou novamente, como se esperasse por receber o ataque.

Legion fica parado com um buraco no peito feito pela técnica de Noctis. Aos poucos o corpo de Legion é recuperado, por dentro de sua armadura, mas ainda assim, Legion se mantém parado.

Legion: - Técnica interessante.

Diz uma voz atras de Noctis. Noctis se vira para observar e vê uma cópia perfeita de Legion ali. Falando com ele. Noctis agora via 2 cavaleiros de Gêmeos, utilizando sua telepatia, ele podia sentir que haviam realmente dois homens ali, sentia suas mentes, mas não era possivel adentrar nelas. O cavaleiro de Gêmeos que surgira após o ataque de Noctis (legion 2) sem se mover, diz apenas duas palavras.

Legion 2 : - Soul Prision!

Noctis sente como se correntes o prendesse por todo o corpo. Noctis parece não controlar seu corpo, por um tempo, mas logo em seguida consegue se mover novamente, Noctis então vira para o oponente que surgiu e fica em posição de defesa, esperando o próximo movimento do adversário. Por trás de Noctis, Legion estende a mão e diz apenas:

Legion 1 : - Light X-Sword!

Uma Lâmina em forma de X se move em alta velocidade na direção de Noctis, vindo por trás do cavaleiro de Áries. Conforme avançava, a extremidade da lamina aumentava rapidamente, passando de 2 metros de extensão em um piscar de olhos. O golpe rumava em direção de Noctis, com um acerto aparentemente critico e inevitável.
Técnica de Legion:

(...)


Status dos personagens:

Bishop
HP: 100% / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%

Nok de libra
HP: 100% / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%

Netrus
HP: 100% / 100%
Cosmo: 100 / 100%
St: 100 / 100%

Sophie Mort de virgem
HP: 100% / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%

Cetus
HP: 100% / 100%
Cosmo: 100 / 100%
St: 100 / 100%

Walter de peixes
HP: 100% / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%

Noctis
HP: 100% / 100%
Cosmo: 100 / 100%
St: 100 / 100%

Legion de gêmeos
HP: 100 / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%

Legion 1
HP: 100 / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%

Legion 2
HP: x / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%



Mirpahk
HP: 100% / 100%
Cosmo: 100 / 100%
St: 100 / 100%

Hazã de Aries
HP: 100% / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%

Diana
HP: 100% / 100%
Cosmo: 100 / 100%
St: 100 / 100%

Judy de escorpião
HP: 100% / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%

Willen
HP: 100% / 100%
Cosmo: 100 / 100%
St: 100 / 100%

Hall de sagitario
HP: 100% / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%

Yong
HP: 100% / 100%
Cosmo: 100 / 100%
St: 100 / 100%

Aiko
HP: 100% / 100%
Cosmo: 100 / 100%
St: 100 / 100%
Efeito extra: Atingido por uma flecha negra, ombreira esquerda rachada

Hercules
HP: 100% / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%


Link dos tópicos individuais (cada linha eh um link):


Alguns comentários:

Galera, desculpa a demora, mas tive vários problemas aki no note, e acabei perdendo todo o material que tinha preparado para a saga off. Peço desculpas tambem pelo baixo nivel de postagem, mas vamos pegar no tranco de novo, e isso é só para começar as sonhadas batalhas.
Willen, se for postar, poste nessa rodada, ou terei que retirar seu personagem da saga, e vamos ver o que será do seu inimigo. #TeCuidaBronzeBoys
Aiko, você recebeu as flechas pois não postou nenhuma ação para desvio.
Aproveitando que esse é o ultimo post que todos estarão juntos, tive uma idéia para a saga, já q tive q reescrever os roteiros. Proponho à todos um desafio: Escrevi um roteiro de saga com 9 rumos finais diferentes, e o final que vai ser escolhido vai depender de vocês. Todos que quiserem devem mostrar para o adversário que está enfrentando o motivo real de lutar por Athena, e que o lado que eles estão segunido não é o certo, ou seja, um de vocês tem que usar o discurso de lealdade à Athena para conseguir converter o adversário e fazer com que ele lute ao lado de Athena na batalha final. Se isso acontecer, esse inimigo será o NPC que irá ajudar vocês na ultima luta, como existem 8 inimigos, um final é exatamente o final que ocorre sem a ajuda de nenhum NPC. Cada um dos finais possuem suas caracteristicas, desafios, e nivel de dificuldade, e isso só depende de vocês. Quero ver todo mundo mostrando agora pq luta por Athena. #VamosDificultarAParada
Noctis, como pode ver, seu adversário possui multiplas tabelas de Status. Eis ai o desafio que tanto pediu. =D

_________________




---------------------------------------------
narrativa
-fala
"pensamento"
-fala(alterada)
"pensamento(alterado)"
avatar
Kael de Gêmeos
Gold Saint
Gold Saint

Mensagens : 259
Data de inscrição : 14/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O coliseu

Mensagem por Yong Gan de Dragão em 08/06/12, 02:06 pm

Tudo acontecia muito rápido. Após desviar das flechas, Yong fica preocupado com a situação de Aiko, mas ve que seus ferimentos não são graves.

Aiko, mais cuidado...... - O dragão esmeralda chama a atenção de seu companheiro. Não podemos fazer com que os cavaleiros de ouro fiquem preocupados conosco nesta batalha....Vamos lutar de igual pra igual...Mostrando nosso cosmo queimando ao máximo....

Ao se posicionar novamente, Yong tem uma terrível visão. Todos estão mortos, a situação é terrível e medonha. Um cavaleiro com armadura dourada está no trono, corpos dos cavaleiros negros também aparecem, e com um comando, aquele cavaleiro de ouro faz os mortos voltarem a vida.

Yong se arrepia. Arkan?! - Ele não sabe se está certo, mas conheceu Arkan e suas habilidades....Já ouviu falar do Ondas do Inferno, técnica que separava a alma do corpo....Mas seria realmente Arkan? Este cavaleiro de ouro, por mais formidável que fosse, era capaz de utilizar suas técnicas para trazer a vida aos cavaleiros mortor? - ...Bartholomew? - Outro cavaleiro de ouro que veio a mente do jovem Dragão. Ele estava estranho, não somente fisicamente, o cosmo era o mesmo, mas a primeira investida das flechas, a reação de como elas agiram contra o cavaleiro de Libra, soaram estranho....

Por fim, ele voltou a si, e já estava separado, ao lado de Aiko (ignorando inicialmente o cavaleiro de ouro....se ele postará com Willen ou Shinji), vê Hércules investindo rapidamente. Era estratégico separar Aiko e Yong, e foi isso que ele fez, com o soco no solo, os separou e pisando forte no solo, que já estava trincado, faz rachar, com o tremor derruba os cavaleiros de bronze.

Yong, experiente lutador, ao cair, absorve o dano girando no chão, levanta rapidamente e avança contra Hércules num impulso de velocidade maior (Ver habilidades de velocidade).

Ao se aproximar, seu cosmo queima ao redor de seu corpo, e oito pontos em seu corpo brilham de maneira sem igual. (ver técnica)

Ming T´ang Ba Shi (Oito Essências do Salão do Imperador)

Aproveitando se sua aceleração e aproximação, Yong desfere uma sequência de chutes, socos, joelhadas e cotoveladas em velocidade incrível. Pode-se ver que, mesmo sendo um cavaleiro de bronze, seu poder de ataque, velocidade, e suas técnicas de lutas, como mestre no estilo Zhu Ji, são eficazes.

Caso não consiga acertar toda a sua sequência, a velocidade dele tbm será revertida para usar defesa e abrir brechas na defesa do inimigo, para Aiko atacar.

Habilidade:

Nome: Mestre em Kung Fu, estilo Zhu Ji.
Descrição:O estilo Zhu Ji possui 66 movimentos marciais distintos e Yong Gan domina pelo menos o básico da maioria deles e alguns de forma avançada. Yong Gan é um cavaleiro com enfoque no combate corpo-a-corpo. Seus movimentos são acrobáticos e um golpe de seu dedo é capaz de destruir rochas, graças ao ki altamente concentrado que está na ponta de suas mãos e pés. O cavaleiro de Dragão também é muito veloz, atingindo em alguns momentos no calor da batalha, um pico de velocidade maior que sua média. (Picos de velocidades alcançados 3 vezes por dia).

Técnicas:

Técnica: Ming T´ang Ba Shi (Oito Essências do Salão do Imperador)
Tipo: [Ofensiva / Defensiva]
Descrição: Técnica de ataque e de defesa. Esta técnica só é usada quando o inimigo possui poderes que simplesmente golpes e ki não conseguem resolver, ou é muito mais poderoso. Ela concentra ki (cosmo) em oito pontos (Ming T´ang), que brilha em seu coração. Os oito pontos são: mão direita, mão esquerda, joelho direito, joelho esquerdo, cotovelo direito, cotovelo esquerdo, pé direito, pé esquerdo. Com a energia concentrada, ele pode bloquear com os pontos ataques em sua direção (funciona como um escudo: p.ex. ele pode deter um ataque vindo por trás com o cotovelo, ou parar uma rajada com a mão) além de atacar (a curta e média distância) como se essas áreas possuíssem uma força sobrenatural. Porém a cabeça é vulnerável e por isso ele deve ter cuidado em proteger ataques que visem sua cabeça com o máximo de atenção possível (o ponto cego da técnica é a nuca do dragão, as próprias costas da cabeça). Quando ele ativa a técnica, as oito zonas parecem queimar com fogo dourado e símbolos chineses surgem sobre o corpo, feitos de luz.
Gasto Cósmico: [Alto]

_________________
avatar
Yong Gan de Dragão
Bronze Saint
Bronze Saint

Áries Búfalo
Mensagens : 424
Data de inscrição : 29/08/2011
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O coliseu

Mensagem por Kael de Gêmeos em 24/08/12, 11:17 pm

Yong consegue saltar e desviar da investida inicial de Hércules, Aiko e Shinji saltam na direção contrária tentando fugir do golpe desferido pelo adversário, mas não tem tanta sorte. O poder de Hércules é tão intenso que o solo treme sob os pés de Aiko e Shinji.

Enquanto Yong se concentrava em sua batalha contra Hércules, Hall se afastava para usar ao máximo o poder de seu arco. Calmamente, o aparato de visão de Hall se põe sobre seu olho permitindo observar mais distante ainda, enquanto puxa o fino fio cósmico de seu arco, em poucos momentos o arco produz uma seta negra. E Hall, mirando em Aiko e Shinji deixa escapar algumas palavras em uma língua incompreensível. A seta passa entre os dois e para em pleno ar aproximadamente 50 cm atras da dupla. A ponta da seta parece ter atingido algo, e começa a emitir uma estranha luz, um forte clarão toma conta do local, seguido de uma forte força gravitacional. Ali diante dos cavaleiros de bronze e dos inimigos, um buraco negro nascia. Aiko e Shinji, eram sugados em direção ao buraco, com uma força gravitacional intensa, não só os cavaleiros eram absorvidos, mas até mesmo a luz do clarão era puxada de volta, bem como pedras, terra, e tudo mais que estivesse solto.

Enquanto isso, Yong atacava Hércules com extrema velocidade o grandalhão não se esforçava para defender os ataques, que pareciam não surtirem muito dano contra Hércules. Por fim Hércules segura as duas mãos de Yong. Nesse instante, a dupla começa a ser arrastada pelo buraco negro criado por Hall, Yong com suas mãos inutilizadas, ataca Hércules com os pés. O gigante parecia ser invulnerável, e não soltava os braços de Yong, que permanecia sob efeito de sua técnica Ming T´ang Ba Shi. Yong, como por instinto, aproveita que Hércules está segurando seus braços, e apóia os pés no rosto do gigante. Usando a natureza de sua técnica, Yong fortificara as mãos que estavam sendo presas e os pés que empurravam Hércules pela cabeça. (ver 1:37 em diante no video)
golpe Yong(1:37 ao fim):
Hércules então percebe a extrema força que Yong está fazendo e em dado momento percebe que se não soltar, provavelmente seus braços ou sua cabeça vão ser arrancadas, e solta as mãos de Yong. A força era tamanha que os inimigos foram jogados em direções opostas quando as mãos foram soltas. Yong parou são e salvo mantendo-se longe do buraco negro que parecia agora desestabilizado, prestes a colapsar sobre si mesmo. Já Hércules caiu mais próximo e foi aprisionado junto com Aiko e Shinji em seu campo gravitacional.

[off: até aqui é para ver se Shinji e Aiko ainda kerem continuar, se eles não postarem antes do Yong, vai ficar apenas Yong X Hall. Yong se postar primeiro, considera o que acontecer daki pra frente]

Yong ainda parecia não acreditar no que acabou de fazer. Yong observava sem poder fazer nada, um poderoso inimigo e dois de seus companheiros serem sugados em direção à um buraco negro. Ainda sentindo-se confiante, Yong sente a presença de Hall, e se vira, e dá de cara com uma flecha negra há menos de 15 cm de seu rosto.

Hall: - Esqueceu de mim Dragão? Pelo que senti você chegou bem perto de despertar seu verdadeiro cosmos, nada que o vislumbre da morte não ajude.

(...)


off:
Agora é a parte decisiva, se o Yong postar, os outros morreram tudo, e Yong vai ficar com uma certa vantagem.
Yong, espero que não se incomode, pois com o tempo parado aki, pra dar uma compensação eu pensei em pegar a natureza da tua técnica e colocar um combate que julguei ser o estilo Yong de luta, se descordar, fique a vontade para postar de forma diferente. =D

_________________




---------------------------------------------
narrativa
-fala
"pensamento"
-fala(alterada)
"pensamento(alterado)"
avatar
Kael de Gêmeos
Gold Saint
Gold Saint

Mensagens : 259
Data de inscrição : 14/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O coliseu

Mensagem por Yong Gan de Dragão em 26/08/12, 11:58 pm

Yong, que estava com as mãos presas pelo inimigo, pensa rápido e coloca os pés no rosto do mesmo, puxando com força, e a força era realmente tremenda. O inimigo, percebendo isso solta o cavaleiro de bronze.

Pelo poder do impulso criado alí, ambos foram jogados para lados contrários.
O cavaleiro de Dragão dá um giro no ar e pousa com segurança, a tempo de ver seu inimigo sendo tragado para dentro do buraco negro....

AIKO...SHINJI......

Antes que o mesmo possa fazer algo, ele sente um lampejo....como uma pequena rajada de cosmo vindo em sua direção.

Com reflexos ainda apurados, e o sangue quente, ele gira rapidamente seu corpo, estende a mão, e com o Ming T´ang Ba Shi ainda ativado, ele segura a flexa pelo cabo, jogando-a para trás.

Hall: - Esqueceu de mim Dragão? Pelo que senti você chegou bem perto de despertar seu verdadeiro cosmos, nada que o vislumbre da morte não ajude.

..Maldito, foi você que abriu aquele buraco negro que sugou os meus amigos.....!! Para onde você os enviou? Traga-os de volta!!!!

O cosmo de Yong se inflama, mas ele não ataca, ele continua prestando atenção em seu oponente, aguardando alguma resposta.

_________________
avatar
Yong Gan de Dragão
Bronze Saint
Bronze Saint

Áries Búfalo
Mensagens : 424
Data de inscrição : 29/08/2011
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O coliseu

Mensagem por Kael de Gêmeos em 27/08/12, 12:49 am

Diante do questionamento de Yong, Hall ri, e em seguida abaixa-se, pega um pouco de terra em uma das mãos, como se analisasse, em seguida deixando a terra cair lentamente. Yong pode ver que a fina terra do local se deixa carregar pelo vento que soprava. Hall estava analisando o vento.

Hall: - Onde eles foram? A pergunta certa seria, "onde nós estamos?". Se eu soubesse exatamente onde estamos eu diria exatamente para onde eles foram .... mas como Mort distorceu o tempo e o espaço, eles podem estar mortos nesse instante, ou em um outro mundo, ou perdido no que chamamos de limbo, ou até mesmo estar em lugar nenhum. *Hall ria* preocupe-se com você, jovem dragão. Você é forte, eu sinto isso, mas seu cosmos parece estar limitado ao material de sua armadura. Há muitos séculos um jovem treinava para ser o cavaleiro de dragão, ele se dedicava de corpo e alma em seu objetivo de usar essa armadura que você usa ... mas Athena o rejeitou, ele ficou desolado e jurou vingança. --Hall faz uma pausa para que a informação seja compreendida e prossegue, enquanto isso, Yong parece imaginar como a história termina -- hoje esse jovem tem sua chance de vingança novamente. Você será o próximo dragão que matarei.

Hall para e observa a reação de Yong.

Hall: - Tenho que confessar que estou desapontado. Você é o que tem mais vontade e espirito de luta, porem seu cosmos é fraco. Já enfrentei um cavaleiro de dragão que parecia tão forte quanto um cavaleiro de ouro. E enquanto você não despertar seu verdadeiro cosmos, você não terá chances contra mim. Vou começar mostrando a técnica que ele usou comigo antes de morrer.

Hall se põe em uma posição fora do comum para o que se espera de alguém com um arco. Ele se punha com as pernas afastadas e seus braços assumiam uma posição única (ver 0:41 do video), e Yong sentia a armadura vibrar perante aquilo, como se estivesse reconhecendo a postura. Yong sentia uma forte força cósmica se unir perante Yong. O cavaleiro de dragão fica imóvel reconhecendo naquele cosmos negro a essência do dragão.

Hall: - Sinta o verdadeiro poder do cavaleiro que deveria usar o escudo de dragão ....

Hall estende os dois braços para a frente e Yong perceber o que vem quando vê uma infinidade de dragões feitos de cosmos surgindo atrás de Hall.

Hall: - Rozan ... Hyakuryuu Ha (isso mesmo, cólera dos cem dragões)

técnica do Hall:

Yong sente uma mistura de admiração pela técnica e temor ao vê-la focada em si. Das mãos de Hall, Yong vê inúmeras rajadas cósmicas em forma de dragões, todas vindo em encontro de Yong.

(...)



comentário:
Rápido, direto e com muita dor.
[Recomendo mostrar a esquiva de pelo menos 3 rajadas - capricha nelas, nada de coisa fácil e óbvia =D]
Boa morte sorte! =D

_________________




---------------------------------------------
narrativa
-fala
"pensamento"
-fala(alterada)
"pensamento(alterado)"
avatar
Kael de Gêmeos
Gold Saint
Gold Saint

Mensagens : 259
Data de inscrição : 14/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O coliseu

Mensagem por Yong Gan de Dragão em 30/08/12, 12:58 am

Yong fecha os punhos. Ele não gosta da resposta de Hall. Seu cosmo se inflama conforme as palavras de Hall são desferidas.

Malditos inimigos que ousam desafiar Athena e seus cavaleiros. Em seu íntimo, ele jurava vingança em nome da justiça. Jurava por seus companheiros que suas mortes não seriam em vão. Que eles seriam lembrados como bravos cavaleiros que caíram, mas que alimentaram o cosmo e a alma de cada cavaleiro de Athena.

Há muitos séculos um jovem treinava para ser o cavaleiro de dragão, ele se dedicava de corpo e alma em seu objetivo de usar essa armadura que você usa ... mas Athena o rejeitou, ele ficou desolado e jurou vingança.

O cavaleiro de Dragão não entendia, e não se lembrava de tal fato histórico da armadura que enverga, mas mesmo assim, continuava atento.

Hoje esse jovem tem sua chance de vingança novamente. Você será o próximo dragão que matarei.


Sinto muito, Hall, mas se Athena e a armadura não escolheram este jovem, ele não era o merecedor dela. Ele não compartilhava dos mesmos sentimentos que Athena e esta armadura compartilham para um mundo cheio de paz. Se deseja a vingança, e se este jovem foi um dia você...O que posso fazer é lhe dar uma morte honrosa para que descanse em paz....

Yong sentia confiança em sua força e em suas palavras. Athena estava com ele, e o fato de saber que um dia aquela armadura rejeitou alguém, e aceitou ele como cavaleiro de Dragão, o deixou orgulhoso de si e de seus objetivos.

Tenho que confessar que estou desapontado. Você é o que tem mais vontade e espirito de luta, porem seu cosmos é fraco. Já enfrentei um cavaleiro de dragão que parecia tão forte quanto um cavaleiro de ouro. E enquanto você não despertar seu verdadeiro cosmos, você não terá chances contra mim. Vou começar mostrando a técnica que ele usou comigo antes de morrer.

O jovem cavaleiro de bronze, neste momento, se colocou em defesa, sentindo o cosmo do inimigo aumentar a um nível terrivelmente poderoso.

Mas conforme Hall se posicionava, Yong parece que conhecia aquela posição....Sua armadura entrava em um certo tipo de ressonância com aquele cosmo, avisando-lhe algo, como se conhecesse aquela postura.

...E-Este cosmo....E-este cosmo....

Ele não sabe o que é, ou quem é, mas sente que é alguém conhecido.

Sinta o verdadeiro poder do cavaleiro que deveria usar o escudo de dragão ....
Rozan ... Hyakuryuu Ha

Uma infinidade de Dragões avançavam ferozmente em direção do Dragão de Bronze. Eram muitos...Como desviar? Como contra atacar? Yong sentia uma certa admiração por presenciar aquela cena, e também, sentia o terror, pois podia ser pulverizado por aquela potente técnica.

Droga...Droga...Droga!!!!

Queimando seu cosmo, ele infla seu peito, enche o ar e se prepara.
Uma rajada mais rápida vem em sua direção. Um dragão com a boca aberta, pronto para engolir o dragão de bronze.

Não vou cair! Ming T´ang Ba Shi !!

Yong reveste seus oito pontos com um brilho dourado (ver os pontos na técnica), mas ele não usará para dar de frente com aquela técnica. Ele salta para o lado....O Dragão de energia é muito poderoso, então....Ele chuta para cima com toda a sua força, aquele dragão. Desviando-o da trajetória, fazendo-o esta rajada atingir outra rajada.

Um segundo dragão de energia vem por cima da onda de destruição que Yong causou pelo choque de dragões, girando como um dragão alado.

...V-Você!!!! Quem é você!?

Neste momento, o cosmo de Yong infla mais um pouco, é tanta pressão que as ombreiras da armadura parecem que não aguentam a explosão de cosmo e saem do corpo do jovem, como se o próprio cosmo estivesse tirando a armadura para uma expansão maior de poder.

Neste momento, ele parece correr sobre os dragões que voam em sua direção, Com o Ming T´ang Ba Shi ativado, é como se os dragões fossem escadas, sendo o suporte para ele se aproximar de Hall.

...Mas....sua técnica vai perdendo o poder enquanto vai se chocando contra vários dragões de energia...

Ele salta mais alto, ficando frente a frente a diversos Dragões, e atrás deles, ele sente o cosmo explosivo de Hall.

ATHENA!!!!



Yong nunca viu Athena, mas sua armadura, que viveu anos e anos protegendo outros cavaleiros, reuni sua vontade com a vontade de Yong, e este cavaleiro de bronze parece sentir a presença de Athena.

E então, numa explosão maior de poder, sua armadura é expulsa de seu corpo, ficando ele somente com o cinto, joelheiras e caneleiras.



ZHE LONG CHUAN!!!

Um dragão de pura energia esmeralda, voa de Yong, e parte para cima de todos os dragões. É uma energia extremamente poderosa. A marca do Dragão nas costas de Yong brilha como nunca brilhou antes. Toda a potencia cósmica de Yong está neste ataque, que planeja sobrepujar todos os dragões, devorando-os, e engolir seu inimigo!




_________________
avatar
Yong Gan de Dragão
Bronze Saint
Bronze Saint

Áries Búfalo
Mensagens : 424
Data de inscrição : 29/08/2011
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O coliseu

Mensagem por Kael de Gêmeos em 01/09/12, 11:31 pm

Yong sentia-se admirado e aterroziado por presenciar a explosão de uma técnica poderosa de um cavaleiro de dragão há muito morto. Dezenas de dragões atacavam ferozmente o cavaleiro de Athena. Yong em um momento de terror sentiu o abraço de sua deusa e teve seu poder fortalecido, usando da capacidade de defesa de sua técnica, Yong anda por sobre os dragões, aproximando-se cada vez mais de Hall. Porém o choque com os dragões inimigos causavam o desgaste da técnica de Yong. Yong parecia conseguir escapar, mas faltando poucos metros para chegar ao foco da técnica (onde Hall estava), a energia de sua técnica se encerra, e Yong é atingido por um dos dragões que faz o cavaleiro rodar em pleno ar, mas Yong consegue voltar ao solo de pé, sem muitos danos.

Yong então tem uma espécie de visão de AThena, o que faz seu cosmos queimar ao máximo, Yong então evoca sua técnica:

Yong escreveu:ZHE LONG CHUAN!!!

Um dragão se forma e ataca diretamente os dragões remanescentes da técnica de
Hall, conforme a técnica poderosa de Yong atravessa os dragões inimigos, os mesmos desaparecem. O dragão esmeralda ataca diretamente Hall, e para o espanto de Yong, o dragão de sua técnica atravessa Hall como se o cavaleiro negro nem estivesse ali. E em seguida, Hall desaparece.

Hall: - Você ficou um pouco mais forte dragão *A voz de Hall parecia vir de todos os lugares, assim como seu cosmos* mas ainda não é o bastante. O abismo entre nossas forças é enorme, e enquanto ele existir, você não encostará em mim.

Uma flecha negra passa rente ao ouvido de Yong, o suficiente para fazer um pequeno corte no rosto do cavaleiro. Hall aparece há aproximadamente 300 metros de Yong, com o arco em mãos.

Hall: - Por mais que você queira lutar, e tenha espirito pra isso, sua velocidade nunca irá se equiparar à velocidade de alguém que ultrapassa a velocidade da luz. Nós, lutamos de igual pra igual com um cavaleiro de ouro. E você terá que chegar ao nivel de um para ter chance comigo. Terá que passar um cavaleiro de ouro se quiser ter chance com o mestre.

Hall dispara uma flecha, que faz uma linha negra rasgando rapidamente o espaço entre Hall e Yong. Antes que a flecha atingisse Yong, Hall desaparece de onde estava, e Yong sente o cosmos de Hall surgir do lado esquerdo de Yong e com um golpe rápido desfere um poderoso chute no abdome de Yong.

Hall: - Sua armadura é sua pele. Chame-a de volta, pois sem seu escudo, não tem defesa alguma contra mim.

Hall novamente desaparece, e surge do lado direito de Yong, dando um chute no abdome de Yong, no lado oposto ao lado anterior. Enquanto isso, a flecha vinha diretamente em direção ao cranio de Yong.


comentários:
Ele não está se teleportando, ele está apenas se movendo na velocidade de um T1 (velocidade da luz), e Yong não consegue acompanhar muito bem, por isso ele vê como se Hall desaparecesse.

status dos personagens:

Hall de sagitario
HP: 100% / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%

Yong
HP: 95% / 100%
Cosmo: 90 / 100%
St: 90 / 100%

_________________




---------------------------------------------
narrativa
-fala
"pensamento"
-fala(alterada)
"pensamento(alterado)"
avatar
Kael de Gêmeos
Gold Saint
Gold Saint

Mensagens : 259
Data de inscrição : 14/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O coliseu

Mensagem por Yong Gan de Dragão em 06/09/12, 06:43 pm

OFF: Desculpe pela demora!!!

ON

Yong consegue atingir um nível de poder que até então desconhecia. Queimando seu cosmo, faz seu poderoso Dragão devorar os outros, e quando sua técnica atingiria seu inimigo, o dragão de energia simplesmente passa pela imagem de Hall.

O QUE?!!

Totalmente cofuso e sem respostas, ele olha para frente, não acreditando que o inimigo, além de poderoso, fosse intangível.

Hall: - Você ficou um pouco mais forte dragão *A voz de Hall parecia vir de todos os lugares, assim como seu cosmos* mas ainda não é o bastante. O abismo entre nossas forças é enorme, e enquanto ele existir, você não encostará em mim.

Uma flecha passa raspando perto do rosto de Yong, fazendo com que ele sinta um pequeno corte se abrindo, e então, ao olhar para trás, Hall estava a cerca de 300 metros dele.

Ele é muito perigoso, se quisesse, teria me matado com esta flechada...Mas não...ele quer um oponente à altura, ele quer alguém que...possa derrotá-lo?!

Estranhamente Yong sente um certo tipo de honra neste inimigo, porque não consegue entender como um ser como este inimigo, um destruidor sem causa, deseja tanto uma luta a sério com o jovem Dragão. Isto seria honra? Até os mais perversos acreditam na honra em batalha? Enfim, ele não saberia, e se preparou para o embate, que começaria novamente.

Hall: - Por mais que você queira lutar, e tenha espirito pra isso, sua velocidade nunca irá se equiparar à velocidade de alguém que ultrapassa a velocidade da luz. Nós, lutamos de igual pra igual com um cavaleiro de ouro. E você terá que chegar ao nivel de um para ter chance comigo. Terá que passar um cavaleiro de ouro se quiser ter chance com o mestre.

Mestre? Chance com seu mestre? Eu não entendo sua atitude, porém, darei tudo de mim. Já equiparei meu cosmo ao seu, mesmo que por segundos, agora preciso equiparar minha velocidade a sua...E eu VOU CONSEGUIR!!!!

Como solicitado pelo seu oponente, Yong queima o cosmo e a armadura o protege novamente, mas após ser envolto pelo brilho esmeralda da armadura de Dragão, uma flecha rápida e poderosa avança novamente contra o jovem de Bronze.

Antes de pensar na flecha, ele se vê frente a frente com Hall. Como é possível? Essa velocidade era incrível demais, tão rápida que Yong nem conseguia sentir o deslocamento de seu opoente através do cosmo. Sem ter como desviar, ele coloca o escudo na altura do abdômem para amortecer o chute, e voa de encontro a flecha, que mira o seu crânio.

Ao se aproximar, Yong gira o corpo e fica frente a frente com a flecha, e rapidamente ele soca o chão para pegar impulso. Com isso, ele sobe, desviando da flecha que o atingiria em linha reta.

Ele pousa em segurança, e faz posição marcial de ataque.

Não quero que me subestime, Hall.....Sempre vai tentar me pegar com um golpe que eu não acompanhe, e outro que eu acompanhe, para verificar qual será minha reação? Talvez não possa prever seus movimentos, mas como guerreiro marcial, devo SEMPRE acompanhar as reações....

Ele nao ataca, estratégicamente aguarda seu oponente.

_________________
avatar
Yong Gan de Dragão
Bronze Saint
Bronze Saint

Áries Búfalo
Mensagens : 424
Data de inscrição : 29/08/2011
Idade : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O coliseu

Mensagem por Kael de Gêmeos em 16/09/12, 01:06 am

Após uma defesa bem sucedida, seguida por uma esquiva bem sucedida, Yong (mesmo com o escudo aparando o golpe, ele havia sentido o golpe), diz:

yong escreveu:Não quero que me subestime, Hall.....Sempre vai tentar me pegar com um golpe que eu não acompanhe, e outro que eu acompanhe, para verificar qual será minha reação? Talvez não possa prever seus movimentos, mas como guerreiro marcial, devo SEMPRE acompanhar as reações....

Hall: - Você está enganado, meu caro dragão, não estava subestimando você, eu estava testando você. Dos golpes que lhe dei, você conseguiu desviar de um e defender o outro. Acho que só o subestimei em força. Você deve no minimo ter sentido uma dor e associou ao golpe no escudo. Você é bom, mas ainda não o bastante.

Hall queima seu cosmos, e sua armadura começa a mudar. Seu arco divide-se em dois, e torna-se como uma lamina em cada mão (clique aqui, e preste atenção no detallhe das mãos). As asas de Hall se unem no centro de seu corpo, e as "penas" das asas ficam ouriçadas. Hall fica semelhante à um ouriço-do-mar, coberto de espinhos nas costas (algo parecido com isso)

Hall coloca as duas mãos em "X" no peito de tal forma que as laminas em seus braços apontem para direções opostas. E com um sorriso no rosto e o cosmos queimando, Hall finaliza:

Hall: Se eu estivesse subestimando você só lutaria com o arco, mas eu preferi lutar no seu estilo de luta, corpo-a-corpo. Há séculos um oponente não luta comigo assim. Prepare-se para um dos mais incríveis golpes que já presenciei... *Hall abaixa a cabeça e começa a balançar o próprio corpo de um lado para o outro* ... Tatsu ... maki.

Hall começa a girar rapidamente o corpo em torno de si mesmo, formando uma espécie de furação. Que se desloca rapidamente na direção de Yong. O deslocamento de Hall é tão rápido que Yong sente-se levemente arrastado na direção de Hall. A voz de Hall então é ouvida.

Hall: - Needle ... storm

Yong sente seu rosto e braços sendo cortado pelas pequenas laminas lançadas por Hall. Yong agora estava com manchas de se próprio sangue sobre seu corpo. (sem chance de defesa por ter ignorado um dos golpes de Hall na rodada anterior). A dor, pontual e aguda, tira a atenção de Yong por um breve instante.

(...)

Yong volta sua atenção para o inimigo quando o mesmo se encontrava à aproximadamente 2 metros de Yong. Hall era um turbilhão de laminas e agulhas. e atacava diretamente Yong. (ataques em diversos pontos do corpo, realizado por laminas giratórias, defenda pelo menos um na altura da cabeça, um no tronco e um nos membros inferiores)

(...)

off:
Mais atenção no post, você só postou 2 ataques do Hall e não 3. Dessa vez, como demorei pra postar, e é a primeira vez que você faz isso, relevei, e só dei um dano pequeno com as agulhas. =D
Recomendo que comece a atacar. =D

status:


Hall de sagitario
HP: 100% / 100%
Cosmo: x / 100%
St: x / 100%

Yong
HP: 89% / 100%
Cosmo: 90 / 100%
St: 90 / 100%

_________________




---------------------------------------------
narrativa
-fala
"pensamento"
-fala(alterada)
"pensamento(alterado)"
avatar
Kael de Gêmeos
Gold Saint
Gold Saint

Mensagens : 259
Data de inscrição : 14/10/2010

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O coliseu

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum